CENA
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009
Yofu Smooth Pêra & Pêssego

 

Produtor: alpro soya

 

Colecção: Yofu Smooth

 

Outras informações: preparação fermentada à base de soja, enriquecida com cálcio e Vit. B2, B12 e C.

 

A soja e o pêssego foram inventados na China. A pêra foi em mais sitios.

 

Avaliação: trata-se, como bem saberão os meus reverenciados amigos, da estreia absoluta de um iogurte de soja aqui no Prova Limpa. Ora, logo de caminho, considero digno de nota declarar que este famoso tipo de grão apresenta, a meu ver, três grandes reveses: a) é complicado ser-se um fã ou simpatizante de soja sem parecer um daqueles maluquinhos fundamentalistas anti-tudo; b) tentando já a soja substituir a carne e o leite, a verdade é que pode muito bem vir a desenvolver também imitações de couro e haver, num futuro próximo, sapatos (sobretudo mocassins, cheira-me) e casacos de cabedal de soja, ocorrência que, com toda a certeza, levará a que a humanidade deixe de precisar de vacas e elas se extingam todas, coitadinhas; e c) substituindo-se a soja pelo leite, as pessoas não vão ingerir cálcio em quantidades de gente e terão muito menos força nos ossos, ficando a humanidade toda com aquela doença dos ossos de vidro daquele filme e bastando um safanão para, por exemplo, se partir um braço a uma criança, ficando-se sujeito a passar o resto da vida na prisão à pala da brincadeira, que, em boa verdade, partir um braço a uma criança é um acto de selvajaria extrema. São, convenhamos, factos a nunca descurar por inteiro, de tão preocupantes. Seja como for, dou a mão à palmatória: este iogurte de soja assumiu-se como uma agradável surpresa desde a primeira colherada. Cuidei que não fosse saber a nada, ou a cartão, por exemplo, mas não, sabe mesmo a pêra e pêssego, sobretudo a este primeiro fruto. Estando a pêra Morettini/Vitória a 0.99€ o quilo, ao passo que o pêssego Maracotão está a 1.39€ (dados dum site da Internet), é natural que assim seja e metam mais pêra no iogurte. Não levo a mal, é compreensível, e isto às vezes temos que ser uns para os outros. Em termos de iogurte que fica na tampa, uma surpresa que poderia ter sido catastrófica: não fica iogurte na tampa! Mas, calma, há iogurte da tampa, só que, ao retirar-se a dita, essa parte de iogurte cai serenamente para cima do resto do iogurte. Isto é positivo em que sentido? No sentido de, em alguns círculos, não ser muito bem vista a opção de lamber a tampa do iogurte, sobretudo se dinamizada por um adulto. Esta característica do Yofu Smooth, não só o safa de ser verberado socialmente como uma criatura de gamela que, apenas por mero acaso, até tem traços de civilidade, como ainda lhe permite a deleitação com a parte do iogurte da tampa. Embora seja acérrimo defensor do lamber-se efectivo da tampa, enquanto acto cultural e de formação de carácter, considero, de longe, ser muito mais triste quando alguém - por pressão de pares, apenas e só - se coíbe e uma tampa vai para o lixo com iogurte lá agarrado, do que quando a parte que costuma vir adjacente a essa mesma tampa se funde graciosamente com o resto do iogurte. Neste aspecto, o espaço para debate será, julgo, sempre bastante reduzido. Posto isto, de realçar que a nota final pode parecer pouco coerente com o que aqui se foi dizendo sobre este iogurte, mas é preciso notar que houve penalizações, sobretudo ao nível do nome Yofu poder muito bem ser um trocadilho entre Yogurt e Tofu e eu só ter percebido depois de horas a pensar nisso, reflexão que  teria sempre implicações a nível de implosão dos nervos.

 

Então e para lá do prazo de validade?

Parece que as pessoas que comem soja acham que os prazos de validade são apenas uma das infinitas artimanhas do capitalismo. Se achar que é o capitalismo que vem pessoalmente a sua casa meter azedo nos iogurtes, revolte-se e coma na mesma, mesmo que o frigorífico tenha estado no arranjo dois meses com o iogurte lá dentro. Se acreditar em prazos de validade, tenho a dizer que este produto da alpro soya se aguenta entre cinco (se tiver fome moderada) e cento e vinte dias (se tiver cheio de fome) para além do prazo definido na embalagem.

 

E em termos de nódoas?

A parte de pêssego deixa nódoa, mas a parte de pêra não. A probabilidade de deixar nódoa varia, então, entre os 23% e 44%. Uma percentagem relativamente baixa, bem sabemos, mas há que recordar que a nódoa de pêssego fica para sempre.

 

Há uma colher ideal para uma degustação em toda a sua plenitude?

Uma colher que não tenha implicado a destruição de nada ou a exploração de crianças asianas. Coma com as mãos, portanto.

 

Nota final: 16

 

Crítico Prova Limpa

Jaime



publicado às 00:00
comentar

Comentários

De Forneiro a 18 de Agosto de 2009 às 14:10
O facto de não ficar nada na tampa é uma atitude discriminatória e que lesa gravemente os direitos dos animais, em particular o meu gato que se "pela" por lamber a bela da tampa do iogurte acabadinho de abrir.

Como lhe vou eu explicar que não há nada a lamber se todos os iogurteiros se lembrarem de fazer o mesmo?

Agarrem juízo pá!

A defesa dos animais não é só não os comer, mas também dar-lhes de comer...


De Carlos Filipe Jesus a 17 de Agosto de 2009 às 23:36
Até agora foi a crítica que teve melhor nota final... acho eu?


De M a 17 de Agosto de 2009 às 14:38
Mas porque é que as pessoas insistem em vir para aqui discutir? Todos os posts têm que ter uma discussão nos comentários...Epa a sério, façam uma pausa e vão todos apanhar ar!


De Rıcardo a 16 de Agosto de 2009 às 21:10
Ja repararam que o homem e o unıco anımal que bebe leıte das progenıtoras de outra especıe? E fa-lo mesmo quando ja nao esta na ıdade lactante.
Mas felızmente ha alternatıvas como esta, a soja, que nao sofre de mastıtes nem e brutalızada no matadouro quando ja nao tem "utılıdade"...

Tambem ınteressante:
http://www.independent.co.uk/environment/climate-change/cow-emissions-more-damaging-to-planet-than-cosub2sub-from-cars-427843.html

http://environment.uk.msn.com/news/headlines/article.aspx?cp-documentid=10286134

http://articles.latimes.com/2007/oct/15/opinion/ed-methane15


De Rıcardo a 16 de Agosto de 2009 às 20:48
lol acho que a suposta pıada desta entrada e mesmo a parte ıgnorante sobre o calcıo e os vegans..


De Fonseca a 15 de Agosto de 2009 às 13:03
O Vegan não é aquele do streetfighter que tinha as facas na mão, e depois ate apareceu o Wolverine a imitar?


De devensky00 a 15 de Agosto de 2009 às 17:18
ahahah!


De Joana a 14 de Agosto de 2009 às 20:03
"Se um ser sofre, não pode haver justificação moral para recusar ter em conta esse sofrimento. Independentemente da natureza do ser, o principio da igualdade exige que ao seu sofrimento seja dada tanta consideração como ao sofrimento semelhante – na medida em que é possível estabelecer uma comparação aproximada – de um outro ser qualquer. (...)
Os racistas violam o principio da igualdade, atribuindo maior peso aos interesses dos membros da sua própria raça quando existe um conflito entre os seus interesses e os interesses daqueles pertencentes a outra raça. Os sexistas violam o princípio da igualdade, ao favorecerem os interesse do seu próprio sexo. Da mesma forma, os especistas permitem que os interesses da sua própria espécie dominem os interesses maiores dos membros das outras espécies. O padrão é, em cada caso, idêntico.
A maior parte dos seres humanos é especista. (...) [O]s seres humanos comuns – não uns quantos excepcionalmente cruéis ou insensíveis, mas a grande maioria dos seres humanos – tomam parte activa, dão o seu assentimento e permitem que os seus impostos se destinem a práticas que exigem o sacrifício dos mais importantes interesses dos membros de outras espécies, por forma a promover os interesses mais triviais da nossa própria espécie. (...)
Mesmo que quiséssemos evitar a inflicção de sofrimento aos animais apenas quando fosse completamente certo que os interesses dos humanos não seriam afectados nem um pouco daquilo que os animais o seriam, seríamos forçados a proceder a mudanças radicais no nosso tratamento dos animais que implicariam os nossos hábitos alimentares, os métodos agrícolas que utilizamos, as práticas experimentais em muitos campos da ciência, a nossa atitude para com a vida selvagem e a caça, a utilização de armadilhas e o uso de peles, e as áreas de diversão como circos, rodeos e jardins zoológicos. Como resultado evitar-se-ia muito sofrimento.”

SINGER, Peter, Libertação Animal. (1975, 1990). Porto: Via Óptima. 2000. P. 7-16.


De sonia a 14 de Agosto de 2009 às 15:56
"Ainda por cima ficando-se taxado socialmente como um opositor dos choques eléctricos que as máquinas de ordenhar provocam, e das mastites e infecções bacterianas que deixam resíduos de pus no leite".


Menina, não fale do que não sabe.....Ignorância não é grave desde que não se faça dela um estandarte!!!!

Aprende a respeitar os outros se queres ser respeitada! Eu aceito e respeito as pessoas que optam por não consumir produtos de origem animal...É isso que dá piada à vida, a diversidade! Não ataco as pessoas porque gostam de um iogurte de soja ou um bife da com ovo a cavalo... Cada um sabe de si e tem a obrigação de respeitar os outros!

Agora num espaço publico debitar tamanha cambada de chorrilhos que te venderam numa qualquer conversa de café é deprimente! Informa-te, procura informação crredivel (livros técnicos sobre o assunto e não panfletos de radicais que nunca viram uma vaca ao vivo!), e talvez percebas que as ordenhadoras mecânicas não dão choques a ninguém! trabalham por movimentos de sucção que imitam o mamar dos vitelos, tal como as bombas de peito que as mulheres usam em casa (alguma vês ouviste alguma a queixar-se q apanhava choques??).E o que provoca mamites (termo tecnico para o que te referias como residuos de pus no leite) é a falta de ordenha! Se não retiras o leite à vaca acumula na glandula mamária e provoca as infecções! Alias se alguma vez fores a uma vacaria percebes que as vacas gostam da sensação da ordenha, uma vez que lhes alivia a tensão na glândula mamária!

E já agora, não é à custa de hormonas que as vacas dão mais leite! Chama-se selecção natural! apenas se escolhem as melhores produtoras para cruzar e dar descendência! E selecção natural é um mecanismo da natureza, não é nada induzido pelo Homem! É genético e não manipulado!

Tomara muitos milhões de seres humanos que vivem em condições desumanas pelo mundo fora terem o conforto que têm a maioria destes animais!

Mais uma vez alerto...respeito pelo outros e informa-te um pouco mais antes de abrir a boca....


De Catarina a 14 de Agosto de 2009 às 18:01
De facto, o problema de discutir o vegetarianismo e o veganismo é sobretudo a ignorância: http://www.goveg.com/factoryFarming_Cows_Dairy.asp


De ricardo a 14 de Agosto de 2009 às 19:07
Gostava de saber em que é que o facto de não comeres animaizinhos ajuda essas pobres vaquinhas desse site de propaganda?...


De sonia a 17 de Agosto de 2009 às 11:46
Catarina,

Não confunda as coisas por favor, questionei os argumentos que apresentou pois não eram correctos. E passei-lhe informação correcta sobre o tema.

Não discuti a questão do vegetarianismo nem nunca o faria. Se voltar a ler o meu post inicial vê que afirmo que antes de mais nada deve haver respeito pelo próximo e pelas opções alheias (sejam elas quais forem).

Apenas afirmei não me parecer correcto, por um lado a falta de respeito e o radicalismo em relação a pessoas que não tomaram a mesma opção que a Catarina, por outro lado os argumentos erróneos que pode ter obtido em qualquer fonte pouco fidedigna ou isenta.



Uma discussão para ser interessante e constructiva deve ser assim: isenta, democrática e baseada em factos comprovados. Se assim não for, passa a ser apenas um grupo de pessoas a atacar e a faltar ao respeito dos restantes, sem acrescentar qualquer tipo de valor.

Acho que seria muito constructivo se a Catarina, por exemplo, tivesse apresentado algum tipo de informação sobre o vegetarianismo que ache que o publico em geral não sabe...Ai sim, teria contribuido para a discussão. a melhor forma de defender as nossas causas é dando a conhecer o que trazem de positivo! Não deitando abaixo as dos outros! ;)


De LMM a 15 de Agosto de 2009 às 10:41
Eu gosto de insultar as pessoas porque comem isto ou aquilo, e tu és estúpida.

A selecção de vacas, outros animais ou plantas, pelo Homem, é selecção artificial. A Natureza não tem parte nisso, idiota. Eu estudo evolução... Numa Universidade. Num daqueles sítios onde não se abre a boca sem se estar informado, como TU fizeste.

LMM

P.S.: Não sabes escrever, palerma: "alguma vês [sic] ouviste"...


De sonia a 17 de Agosto de 2009 às 11:35
Realmente, na sua Universidade devem ter uma cadeira cujo nome é "Má Educação III" e onde deve ter tirado 20 e assistido a todas as aulas! parabéns pelo nível que demonstra! Vai ser-lhe muito útil quando acabar o seu curso e entrar no mercado de trabalho!

Eu não estudo numa universidade... Porque já sou Engenheira há alguns anos!!! E curiosamente com especialização em Produção Animal e nas tais "ordenhadoras mecânicas" que se afirmou neste fórum produzirem descargas eléctricas. Da mesma forma que efectuei a minha tese de fim de curso num laboratório de genética molecular aplicada à produção animal, no qual se efectuavam prestações de serviço para Associações de Criadores de algumas raças bovinas e para a FAO. Logo, parece-me que estou suficientemente habilitada para falar do assunto. Posso, inclusive, deixar-lhe indicação de alguma bibliografia técnica sobre o assunto, caso deseje.....

Quanto ao "erro ortográfico", realmente deveria ter prestado atenção, mas como cibernauta que pelos vistos é, deve saber que por vezes quando se escreve rápido escapa uma ou outra palavra....Obrigada pela sua atenção a este pormenor que tanto contribuiu para a discussão! :) Aproveito para corrigir, e onde se lê "algumas vês ouviste", leia-se "alguma vez ouviste"....

Quanto à parte da selecção, a unica coisa que queria que ficasse patente era a ausência de manipulação genética destes animais, bem como o facto de não ser através de administração de hormonas que os mesmos possuem uma capacidade productiva de 20 a 30l diários....

Obrigada pela sua colaboração constructiva neste fórum e por ter trazido tanta informação adicional ao publico geral.


De anonimo08 a 21 de Agosto de 2009 às 10:21
vá lá raparigas... tenham calma.


De Vera - Bandeiras Despregadas a 14 de Agosto de 2009 às 14:12
Questão 1 - Será que já existem palhinhas recicladas?
Questão 2 - Será que esse iogurte pode ser degustado com uma palhinha?
Questão 3 - Se eu for alergica ao pessego, posso comer só a parte de pêra?
Por aqui me fico***
Continuação de bons dias***


De devensky00 a 14 de Agosto de 2009 às 14:05
A minha mãe não bebe leite da vaca, só o de soja. Diz que se beber o leite da vaca que lhe faz mal ao estômago e então só bebe o de soja. Quando bebe o leite de vaca fica meia agoniada e então bebe leite de soja para isso não acontecer. Ás vezes bebia leite de vaca e começava a ficar mal disposta e por isso começou a beber leite de soja.
Mas agora tá melhor.


Comentar

Últimos notícias