CENA
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009
7 Artes - Teatro


publicado às 00:00
comentar

Comentários

De Edgar Colaço a 22 de Setembro de 2009 às 16:05
Bolas... o Renato foi ao Erasmus, mas parece que não foi pra is às gajas, como as pessoas.

Se o que o Bruno diz é verdade - deve ser, se o Bruno o diz - e voltou de lá cheio de "manias" como "teatro" e "vegetarianice", bem... não sei, mas acho que mais dia menos dia o Renato ainda faz uma operação de transformismo...

Renato, não te deixes cair nisso... não desgraçes a tua família, que até fez bons filmes aí há uns anos.

Olha, vai mas é fazer a continuação daquele filme do teu avô, aquele numa barragem, lá no Brasil. Ainda hoje vejo esse filme.


De drogado a 21 de Setembro de 2009 às 21:32
não gosto muito de teatro. eles fumam droga. é nojento isso.




De Luís a 21 de Setembro de 2009 às 13:39
Olha o menino Busto a kerer sair das cascas... Da-lhe nas orelhas Bruno, n se pode dar mta confiança.


De Hugo Alfredo a 21 de Setembro de 2009 às 12:17
Gostei da cara de sádico do Busto, no fim.
Há muito que espero o regresso do ninja. Podiam fazer uma série com uns episódios sobre o ninja.


De Jetson a 21 de Setembro de 2009 às 12:14

Cada vez mais me identifico co Bruno.

Gosto de Arte.
Mas quando é 'tudo ao calhas, tudo ao calhas' ou com 'gajos e gajas armados ao pingarelho' como os gajos das bandas de jazz ou esses artistas de teatro todos amaricados; isso já não é arte é armar-se aos cágados.


De Alexandre Kulcinskaia a 21 de Setembro de 2009 às 11:35
o poder de argumentação do Bruno é dos melhores que tenho visto.
Num frente a frente entre ele e o Sócrates o Sócrates até chorava.
Também já tive que fazer xixi para dentro de um saco no teatro mas como o único saco que tinha era de papel aquilo não correu muito bem.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De LMM a 21 de Setembro de 2009 às 10:05
Eu faço Teatro. O Bruno Aleixo é qu'é burro! Não é só peças de 4 horas de pessoas a achar que aquilo é que é arte, fazer o que lhes apetece. Também há as que são hora e meia a ver histórias do Séc. XIX e ainda antes, de gente com roupa empertigada, de ar empertigado, a falar de forma empertigada sobre temas empertigados, mas que parece que dá para rir.

Palerma...

Teatro, eu amo-te! És bem jeitoso...!

LMM


Comentar

Últimos notícias