CENA
Terça-feira, 22 de Setembro de 2009
ENA - Deveres Cívicos

 

NOTA: Se procura Deveres de Casa clique em TPC.

 

 

Deveres Cívicos

 

Deveres cívicos são um conjunto de deveres que se impõem ao cidadão para uma justa e salutar convivência em sociedade. O seu não cumprimento dá cadeia. Em baixo segue a sua descrição.

 

RESPEITAR OS OUTROS CIDADÃOS

 

Respeitar os outros cidadãos é um dever cívico e de cada um. Este dever cívico é parecido com os dez mandamentos. Se tirarmos os mandamentos de santificar o sábado, não adorar falsos deuses e não pronunciar o Santo Nome de Deus em vão, até é igual. A saber:

 

7 Mandamentos do Respeito pelo Cidadão

- Honrar pai e mãe

- Não matar pessoas

- Não enganar pessoas

- Não roubar

- Não prestar falso testemunho

- Não cobiçar mulher alheia

- Não cobiçar casa alheia

 

 

VOTAR

 

Votar é um dever cívico e de cada um. Consiste em escolher uma opção duma lista de opções. É extremamente limitativo, ter que escolher entre duas (no caso de referendo) ou meia dúzia de hipóteses (eleições), embora o povo fique todo contente a pensar que escolhe alguma coisa. Em Portugal vota-se para o Presidente da República, para a Assembleia da mesma, para o aborto, para as Câmaras Municipais e para a Assembleia Europeia. Eu não voto porque ainda estou a cumprir pena.

 

AVISO: Lave sempre as mãos antes de votar. Outras pessoas vão usar a mesma caneta. Não dê um passou-bem ao homem da mesa, que ele dá passou-bens a toda a gente.  

 

Direito de Antena do PPDPP


 

PAGAR IMPOSTOS

 

Pagar impostos é um dever cívico e de cada um. Consiste em dar parte dos lucros que se tenha ao estado. Serve para pagar aos polícias, aos médicos, aos professores, etc. Há vários impostos: IVA, IRS, IRC, selo do carro, etc. Não fuja aos impostos. 

 

Não fuja aos impostos: Al Capone matou muita gente e escapou.

Fugiu aos impostos e não escapou. Depois morreu de sífilis na cadeia.

 

 

CUMPRIR SERVIÇO MILITAR

 

Cumprir serviço militar é um dever cívico e de cada um. É ir à tropa.

 

 

DEVERES CÍVICOS DE GRAU 2

 

Deveres Cívicos de Grau 2, ou de baixo grau, são deveres que, não sendo obrigatórios, são aconselháveis. A saber:

- Separar o lixo.

- Conferir o troco.

- Não dar de comer aos pombos.

- Agradecer sempre que lhe cedam passagem na estrada e a prioridade não seja sua.

- Não dar dinheiro a arrumadores de carros.  

 

Colaborador ENA

Rui Hugo

 


tags: ,

publicado às 00:00
comentar

Comentários

De anonima a 14 de Março de 2011 às 17:22
Por amor de deus, deixem de se preocupar com os drogados, nao sao animais, e preocupem-se mais como os votos actos.e esses senhores de partidos de direita querem é levar o nosso mundo a uma nova ordem mundial aí é que voces talvez passarao de pessoas a animais.Ah e pensam voces que os governantes nao sao drogados?? sao iguais apenas de cara lavada.


De anonimo08 a 29 de Setembro de 2009 às 15:07
noutro dia dei uns trocos a um arrumador :) mas eram trocos pretos ( quero dizer... moedas de 1 cêntimo ) e devo dizer que eram muitas.
entreguei-lhe as moedas, ele começou a contá-las, nisto apareceu um outro arrumador ( talvez para ajudar na conta das moedas, não sei... ) e mal virei costas, apareceu a polícia num carro.
os polícias pararam ao pé dos arrumadores e eu pensei : " pronto... já tá tudo lixado. agora vamos todos visitar a esquadra e eu que tou com tanta pressa... que maçada ".
é claro que não fiquei pa saber o final daquele episódio e dei corda aos sapatos o quanto antes, mas uma coisa é certa: nunca mais dou trocos pretos ( nem de outra cor qualquer ) aos arrumadores... prefiro dar-lhes um cigarrito de mentol, que eles gostam mais e dá-lhes mais jeito :)


De Carlos Filipe Jesus a 29 de Setembro de 2009 às 01:11
E viva ao PSD!!! PPD/PSD!!!
Ó Kulcinskaia não tens de ir por o bacalhau de molho e o feijão frade tb? Tens que comentar td, é que o video da literatura ainda n comentaste pá!


De Luís a 22 de Setembro de 2009 às 14:24
Faltou 1 dever de 2ª ordem: Não dar dinheiro aos drogados, mesmo que seja para sandes de mortadela, porque eles tão a mentir gastam tudo em droga, é tudo pra droga, os drogados...


De Marco a 22 de Setembro de 2009 às 14:17
Pois estou a esperar partidos sérios como este aqui no Brasil. Meus parabéns!


De Duty Free a 22 de Setembro de 2009 às 13:48
Ora pois eu não fui a TROPA ...nao sei o que ser tropa... ???? mas ja fui escuteiro será que da para passar nos deveres civicos!!???


De Arrumador a 22 de Setembro de 2009 às 13:15
O Kulcinskaia nao tens mais nada q fazer que comentar TUDO?


De Alexandre Kulcinskaia a 22 de Setembro de 2009 às 14:24
Tenho...
Ainda tenho que ir pôr o bacalhau de molho e o feijão frade ao lume.
Mas agora não me apetece.
Mas porquê?! Estás preocupado com o meu bem estar?
És mesmo simpático. ;)


De Alexandre Kulcinskaia a 22 de Setembro de 2009 às 12:11
É verdade, nunca se deve dar dinheiro aos arrumadores que eles gastam em lambarice.
Eu tenho uma cruz que carrego nas costas e que muito me magoa...
Eu não fui à tropa... Bem sei que aos olhos de muito boa gente não sou considerado um verdadeiro "home".
Já agora podiam mostrar uns vídeos que tenham do Aleixo na tropa.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De Francisco a 22 de Setembro de 2009 às 13:14
atao, do aleixo na tropa tens a akele video em q ele luta no mato, contra akeles gajos q usavam uniforme branco (c capacete branco e td). n admira q tenham perdido...


De Alexandre Kulcinskaia a 22 de Setembro de 2009 às 14:21
Ah pois é...
Muito bem lembrado.:)
Estava o Aleixo e mais uns familiares dele.
Mas de qualquer das maneiras queria vê-lo num registo mais pessoal.
Gostaria de ver por exemplo como se comportava ele no quartel com os seus superiores e tal.
Se bem que acredito que não devia haver superior a ele.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De MInha Machadinha a 22 de Setembro de 2009 às 10:05
Boas Rui!
Estás a cumprir pena em que estabelecimento?


De Leprão a 22 de Setembro de 2009 às 10:38
Já está há muitos anos na cadeia amigo Rui, é que só vai à tropa quem quer. Graças a Deus.


Comentar

Últimos notícias