CENA
Segunda-feira, 1 de Dezembro de 2008
Aleixo na Escola - Ep. 3. - "O Outono"


publicado às 00:00
comentar

Comentários

De UrsoQuadrado a 7 de Dezembro de 2008 às 23:47
boas!
bem, eu, como dois amigos criei um pequeno programa de comédia, que colocaremos no youtube, todos os meses, provavelmente. chama-se 'urso quadrado'. sempre nos disseram que tinhamos um certo jeito para a comédia, então decidimos criar este pequeno programa.
seria muito importante para nós, que vocês vissem o nosso programa e nos dessem a vossa opinião, muito importante mesmo!
bem, não tenho mais nada a dizer, por agora, a não ser que fico à espera de resposta vossa.
o programa pode ser visto em: http://www.youtube.com/ursoquadrado
muito obrigado, desde já, e fico á espera
Laranja, Sagrado e Martim


De jakiXi a 4 de Dezembro de 2008 às 20:22
"-Ó Bruno isso não se faz! não se atiram pedras às pessoas... -Era um caloiro!"

lindo!

Já agora, não consigo ouvir as emissões radiofónicas do programa "Rosa Mota" no nao-alinhados.com/rosa_mota.htm... sou só eu?


De Alexandre Kulcinskaia a 3 de Dezembro de 2008 às 20:31
Está fixe, deviam por um link no vimeo para aqui porque eu por exemplo não sabia que agora estavam no sapo.
Atenção também à zona de comentários que não permite ver as frases até ao fim.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De gana a 3 de Dezembro de 2008 às 22:01
O link está no Vimeo, amigo Alexandre, e está também um disso no final do vídeo de Aleixo cantando.

Quanto à zona de comentários, como assim, "não permite ver as frases até ao fim"? Nós vimos o seu comentário todo, homem. Não é erro seu, que se farta de ler comentários e desiste a meio?

Elucide-nos, que agora ficámos curiosos.


De Alexandre Kulcinskaia a 4 de Dezembro de 2008 às 10:28
Reparem neste comentário que estou a escrever agora. Além de ser muito bem escrito não vai ser possível de ler até ao fim das frases. Como cada resposta a comentário avança um pouco, a partir da terceira resposta já não se consegue ler tudo porque a cor das letras é de um tom parecido com o cinzento do menu do lado direito e assim não dá para ler tudo, só se seleccionar o comentário todo.
Cum catano, peço desculpa mas não tinha visto que o link estava no fim do vídeo, mas a culpa é vossa por não me terem enviado um SMS alertando para a existência desse link. Sou 91 e tudo.
Olha, visitem o meu blog e façam lá um comentário, seria uma honra ter lá um comentário do gana. Mas só se for um comentário bom, porque se for mau tenho de o apagar e isso é uma ralação.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De gana a 4 de Dezembro de 2008 às 12:14
Amigo Alexandre,

embora percebendo onde quer chegar, somos obrigados a dizer que aqui ainda se vê. O amigo deve estar a usar um Windows estragado. Recomendamos a compra de um novo ordenador.

Não volte a contactar-nos através dessa máquina velha que tem agora.

Com os melhores cumprimentos,


De Alexandre Kulcinskaia a 4 de Dezembro de 2008 às 12:33
Eich... Tu queres ver que o Windows se estragou mesmo?! Deve ser da humidade, isto é Windows de madeira e com a humidade verga tudo. É a camada de verniz que foi mal dada.
Tive a ousadia de voltar a contactar porque esta máquina velha é outra. Não é a mesma.
Obrigado pela visita no meu blog.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De Pedro Capinha a 2 de Dezembro de 2008 às 00:58
Entã, mas quando vem a Primavera não é pior a questão do cocó do canídeo? Depois, no Verão, com o calor, as fezes do animal ficam secas e cheira pior. Cocó seco cheira muito mal. É uma coisa assaz desconfortável, creio eu... não achas, Bruninho?


De gana a 2 de Dezembro de 2008 às 02:05
Amigo Capinha, é evidente que o cão, na Primavera e Verão, já pode ir à rua porque já não está frio e a porta já está aberta.

Logo, não faz necessidades na varanda, logo, não cheira a nada.


De Pedro Capinha a 2 de Dezembro de 2008 às 14:30
Entendo. Ainda assim, a avó de Bruno Aleixo limpava os presentes do seu animal de estimação da varanda? A senhora podia estar incapacitada, ou assim, e a chuva do Inverno podia não eliminar por completo as ditas fezes. Até porque as varandas às vezes têm aquele pequeno socalco antes do gradeamento e, se fosse esse o caso, a porcaria do animal ficaria toda retida, o que seria decerto uma chatice. O que ainda seria pior era que depois, ao limpar, seria ainda mais difícil chegar a essas arestas internas mais recônditas.


De gana a 2 de Dezembro de 2008 às 14:49
São questões pertinentes, mas que a composição de Bruno, como um bom filme, deixa em aberto.


De fxiko a 1 de Dezembro de 2008 às 12:43
Boas! Isto ta a ficar um bocado com as piadas repetidas :s

Epa o episodio ate ta giro, mas acho que seria melhor variar um bocado ;)

Abraço e continuaçao de um bom trabalho!!


De Ramiro a 1 de Dezembro de 2008 às 14:12
Onde é que tem piadas repetidas?
ihhh ca burro.


De Pedro de Almeida a 1 de Dezembro de 2008 às 15:02
piadas repetidas?!... mas que piadas?... piadas têm os malucos do riso!

isto é algo mais... algo inqualificável e, acima de tudo (amigos do vilar: não é para repetir "acima de tudo", ok?), acima de tudo, inominável!



De Guilherme Morais a 2 de Dezembro de 2008 às 15:40
Bem dito!


Comentar

Últimos notícias