CENA
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009
Sugestões de fim-de-semana

 

Desta feita, apresentamos três sugestões de fim-de-semana bem distintas entre si. Pode optar pela opção “desportivo”, opção “cultural” ou opção “utilitário”. Não pode acumular, que isto não são os pontos do cartão de gasolina da Shell ou lá que porra era aquilo que havia aqui há uns anos. Escolha um, apenas, já não é nenhum garoto.

 


Fim-de-semana desportivo


Cada vez mais mulheres fingem gostar de desporto, nomeadamente porque lhes permite dar gritinhos em público e usar cachecóis como substituto funcional de tops (coisas que, geneticamente, as mulheres tendem a gostar), por isso não se preocupe se é indivíduo comprometido e um fim-de-semana desportivo seria sempre sinónimo de incontáveis acções passivo-agressivas por parte de sua companheira. Posto isto, recomendamos, por exemplo, que no sábado vá com seu bem assistir ao vivo ao Rio Ave x Braga (se for do norte) ou ao União de Leiria x Naval (se for da zona centro). Se for do sul do país, vá à bola no domingo, ao Vitória de Setúbal x Leixões, que é o melhor que se arranja em termos logísticos. Se não estiver para gastar uma nota preta para rapar frio e ver um jogo que fica 0-0 ou que tem golos quando você estava a ver as horas no telemóvel, faça antes um totobola. Tem que registar isso ainda na sexta-feira (jogue sem duplas ou triplas, como um homem), mas tem que acompanhar catorze jogos durante o fim-de-semana inteiro para saber se ganhou alguma coisa. Não vai ganhar nada, evidentemente, mas é possível que, até domingo antes de jantar, esteja em êxtase a achar que ainda pode fazer um onze.

 


A carica gigante insuflável da Sagres, um dos grandes atractivos

do nosso campeonato primodivisionário. Se tiver garotos,

não os leve consigo à bola, que se eles vêem isto, querem

logo uma para brincarem e depois é uma chatice que você

não encontra isto em lado nenhum e o mais certo é estar a

educar filhos que vão ser maus para si quando for velho.


Faça isto se: tiver pachorra para explicar o que é um remate perigoso à sua namorada.
Não faça isto se: já não for a primeira vez que leva uma bolada mesmo na cara quando vai ao futebol.
Palavras-chave: Domingos Paciência, Carlos Brito, o Niquinha ainda joga no Rio Ave?, totobola da máquina não existe, seu urso, isso é no euromilhões.
 


Fim-de-semana cultural


Neste quadrante, recomendamos que marque intelectual presença num evento de cultura elitista ou de nicho, que, como é sabido, se trata do género de cultura que a larga maioria dos homens finge gostar para aumentar a possibilidade de tocar mulheres nuas. Não obstante, a presença em eventos culturais desta estripe tem também a função de ver validada a sua inteligência por parte de todos os outros indivíduos presentes. Procure num motor de busca, ou num daqueles guias culturais que as câmaras municipais agora fazem, coisas perto de si que tenham “happening”, “conferência”, “ciclo”, “performance”, “lançamento”, “instalação” ou “live set” no título, já que serão com certeza suficientemente pretensiosas para as pessoas a quem disser o que fez no fim-de-semana abanarem ao de leve a cabeça para cima e para baixo, deixando escapar até um “ohhh” de aprovação manienta. Beba vários cafés, para não correr o risco de adormecer, que isso é ocorrência para se ver ostracizado do circuito das pessoas inteligentes (e eles são piores que animais, não querem saber de desculpas) e para a sua companheira nem sequer voltar a tirar a parte de cima para fazer amor consigo, tal é o desgosto. No mesmo sentido, procure não suspirar, já que, além de, a nível fonético, ser facilmente confundível com um bufar, é muitas vezes assumido como manifestação de enfado.

 

Uma performance de arte contemporânea, que, descontextualizada

pode parecer aquelas imagens de iraquianos a serem torturados por

tropas da América. Calhando até é uma metáfora sobre isso.

 

Faça isto se: tem notado que, cada vez mais, as pessoas o corrigem.
Não faça isto se: é para estar o tempo todo a tentar saber quanto está o Rio Ave x Braga, o União de Leiria x Naval ou o Setúbal x Leixões.
Palavras-chave: conversa de circunstância com palavreado caro, beberete (vá cedo, que pode haver), cautela ao misturar bebidas (pode haver beberete variado, vá cedo).
 


Fim-de-semana utilitário


Fim-de-semana não tem, de forma alguma, que significar lazer e languice. Faça algo de útil e finja que não fez nada de divertido porque tinha precisamente afazeres, em vez de ter a certeza de que não fez nada de divertido porque não tem vida e é um falhado duma figa, até mete dó. Recomendamos, então, e por exemplo, que vá trocar umas calças que lhe ficam demasiado apertadas, mas que, no caso de ser homem, trouxe na mesma porque estava cheio de pressa para perseguir a rapariga gira que estava a micar quase desde que chegou à loja e que estava a ir embora para outro piso, provavelmente aquele que é só cuecas e soutiens de mulher, ou, no caso de ser mulher, trouxe na mesma porque estava com um homem com quem se queria envolver a nível de ficar nua, toda nua, e quis que ele ficasse a achar que usava mesmo três números abaixo da realidade. Se não tiver calças para trocar, é ficar em casa, que nem um falhado(a) tão grande que até enerva os nervos. Você é que sabe.

 

A última foto que aparece

quando escrevemos "calças"

num famoso motor de busca.

Trata-se dum senhor chamado

Fernando e é do seu perfil Hi5.


Faça isto se: não tiver calças lavadas e a loja onde se troca até for mais ou menos perto
Não faça isto se: não souber do talão, que eles não trocam, não vale a pena, embora possa sempre levar um papel ilegível e diga que é o talão, mas que ficou ao sol/foi à máquina.
Palavras-chave: calças, trocar, apertado, uma pessoa quase que desmaia, varizes, esterilidade masculina.


 

Para finalizar, e numa tentativa de o deixar ainda mais indeciso e chegar ao ponto de começar a ter ataques de ansiedade, cá deixamos um pequeno vídeo que mistura todos estes três tipos de fim-de-semana.

 



publicado às 00:00
comentar

Comentários

De sb a 25 de Outubro de 2009 às 23:08
olha o primo do Renato. http://www.youtube.com/watch?v=LQ4RflLjjKw&NR=1&feature=fvwp


De Edgar Colaço a 24 de Outubro de 2009 às 01:12
Oi... esta cena do filme dos cavalos não era como Manuel João Vieira?

Como é que meteram aí o gajo do Flash Gordon? Deve ser fotochop, não?


De anonimo08 a 23 de Outubro de 2009 às 18:15
" vou dar com mega sarda " ??
o que é que ele quer dizer com isto ?


De gana a 23 de Outubro de 2009 às 20:32
Dar "com sarda" é dar com força. Dar "com mega sarda" é dar com muita força.

Cumprimentos.


De anonimo08 a 26 de Outubro de 2009 às 17:56
ai que susto...
e eu aqui a " dar largas " à imaginação... mas agradeço a explicação e é sempre bom aparecerem por aqui, tanto mais não seja para pôr este pessoal todo na ordem :)
aceito e retribuo os cumprimentos.


De Nitas a 23 de Outubro de 2009 às 14:46
Citação: "eventos culturais desta estripe"

São eventos culturais onde são arrancadas as tripas como por exemplo a matança de um Porco?


De gana a 23 de Outubro de 2009 às 20:33
Pode ser isso, sim.

Vamos despedir a pessoa que escreveu isso, que meter letras ao lado é inadmissível.

Cumprimentos, mas fique sabendo que deu cabo da vida a um ser humano.


De Frederico Ronconi a 23 de Outubro de 2009 às 09:06
Amigos Amigos...
Vocês estão ficando cada vez melhores, nem tanto pelas opções em si, mas pelo video, que de fato reune as 3 opções em uma só
Viva Bergman

abç Frederico Ronconi - Brasil


Comentar

Últimos notícias