CENA
Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008
Jogo Limpo 4

 

O Benfica manteve a liderança, brindando o Marítimo da Madeira com seis golos sem resposta. Com este score, o Benfica, para além de lançar o delírio entre os comediantes de café que adoram trocadilhos envolvendo meias-dúzias, alcançou a mais concludente goleada desde há trinta e quatro anos. Curiosamente, ou nem tanto, a anterior coça tinha sido contra o Olhanense, o que torna óbvio que esta goleada ao Marítimo da Madeira era mais que esperada. Passo a explicar: Olhão, de onde é natural o Olhanense, e o estádio dos Barreiros, onde joga o Marítimo da Madeira, estão a menos de vinte quilómetros de um aeroporto - aeroporto de Faro, no primeiro caso, e aeroporto de Santa Catarina, no segundo. São coincidências a mais para não influírem no resultado final. E o que é certo é que influíram. Lugar ainda para a seguinte confidência: vi, numa conferência de imprensa prévia ao encontro, o treinador Lori Sandri, do Marítimo da Madeira, com um boné desportivo na cabeça, não obstante o facto de estar envergando toilette formal e o referido boné não ter publicidade a um dos patrocinadores do clube. Pensei que Lori Sandri fosse, portanto, careca e, nesse caso, o boné estava explicado. Depois, durante o jogo, percebi que Lori Sandri tinha um cabelo bastante agradável para um cinquentão. Então, por que  porra tinha Lori Sandri um boné nas condições que enunciei mais acima? É possível que não tenha tido tempo para lavar a cabeça e o seu cabelo tenha tendência para ficar oleoso quando falha a lavagem diária. Só nesse caso é que se percebe que Lori tenha feito o que fez.

 

O Leixões foi perder a Guimarães, uma cidade bonita. O golo foi apontado por Fajardo, jogador cujo nome pode significar “ladrão hábil”, “traficante”, “tratante” ou “troca-tintas”. Convenhamos que são definições deveras negativas e o amigo Fajardo deveria pensar seriamente em passar a ser conhecido como “João Paulo”, o belo nome composto que possui no cartão das vacinas. Até porque, relembro, já não há o perigo de Fajardo, enquanto João Paulo, poder ser confundido com outros João Paulo da nossa liga, uma vez que o João Paulo ex-Leiria e ex-Porto actua agora no Rapid de Bucareste, ao passo que o João Paulo ex-Leiria e ex-Paços de Ferreira, actua também ele no Rapid de Bucareste. Não sei como se distinguem por lá, embora possa ajudar o facto de um deles ser de cor negra. O golo de João Paulo (ex-Fajardo) foi apontado a poucos minutos do final. Não aprecio, prefiro golos marcados entre os quinze e setenta e cinco minutos, que há que levar em consideração as pessoas que chegam mais tarde porque estiveram a estacionar e as que saem mais cedo porque deixaram o carro muito longe.

 

Quanto aos leões verde e brancos, foram vencer por dois golos de diferença, três a um, ao Estrela, na Amadora. Dos resultados com dois golos de diferença, devo confessar que o três a um é o meu preferido. O dois a zero é chato, o quatro a dois já nos diz que as defesas não estiveram tão bem, já para não falar no cinco a três, que é claramente resultado de hóquei ou de desempate por pontapés da marca de grande penalidade. Paulo Bento voltou a deixar Vukcevic brincar no recreio e o montenegrino retribuiu com um golo que tabelou num defesa. Como já referi anteriormente, não gosto quando os defesas traem o seu guarda-redes. Defesas, o vosso trabalho é ajudar os guardiões com quem partilham instalações de visitado ou visitante (conforme joguem fora ou em casa), não trai-los com desvios! Em relação ao amuo entre Paulo Bento e Vukcevic, de notar que o montenegrino, ao marcar um golo, mostrou quem tinha razão. Caso não tivesse marcado, a razão estaria do lado de Paulo Bento. Parece-me lógica elementar. Liedson voltou a marcar, festejando através dum símbolo dum coração feito com as mãos. Liedson está apaixonado, resta saber como festejará os golos depois da sua companheira o trocar por jogador mais em forma. Nomeadamente, Suazo, que também mora na área metropolitana de Lisboa.

 



publicado às 00:00
comentar

Comentários

De Alexandre Kulcinskaia a 9 de Dezembro de 2008 às 18:57
Excelentes comentários aos jogos da jornada que realmente interessam.
_________________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De Xavi a 9 de Dezembro de 2008 às 08:42
Mantendo-se estas posições até ao fim do campeonato, boas notícias para a taxa de natalidade, que em 2009 se prevê que aumente 42,13%.
Obrigado Suazo, és um autêntico Mantorras!
O MÁIOR!


De Xavi a 9 de Dezembro de 2008 às 08:44
A taxa anterior foi actualizada, e parece que os 42,13% são agora 42,23%.
E atenção que o ano a que a taxa se refere é a 2010, 2010, e não 2009.


Comentar

Últimos notícias